Portuguese
.

Servidores do BC aprovam continuidade da greve por tempo indeterminado

O Sindicato Nacional de Funcionários do Banco Central (Sinal) informou nesta terça-feira (14) que os servidores do órgão aprovaram a continuidade da greve por tempo indeterminado em assembleia que aconteceu às 14h de hoje. Segundo o presidente do Sinal, a manutenção da greve, que acontece desde o dia 1º de abril, foi aprovada com 80%

Servidores do BC aprovam continuidade da greve por tempo indeterminado (Marcello Casal Jr/Agência Brasil)

O Sindicato Nacional de Funcionários do Banco Central (Sinal) informou nesta terça-feira (14) que os servidores do órgão aprovaram a continuidade da greve por tempo indeterminado em assembleia que aconteceu às 14h de hoje. Segundo o presidente do Sinal, a manutenção da greve, que acontece desde o dia 1º de abril, foi aprovada com 80% dos votos.

A próxima assembleia ocorre na próxima terça-feira, dia 21 de junho. Segundo fontes do Infomoney, uma reunião entre os sindicatos e a diretora de Administração do Banco Central, Carolina de Assis Barros, será realizada amanhã (15).

A greve que já dura pouco mais de 3 meses e foi suspensa entre os dias 19 de abril e 3 de maio, como um “voto de confiança”. No entanto, após as demandas não serem atendidas, eles retomaram a paralisação.

Os servidores do BC pedem um reajuste salarial de 13,5% – ante 27% no início da greve -, bem como bônus de produtividade. Por conta da greve, a publicação semanal de diversos indicadores econômicos foi pausada, como o Relatório Focus. A paralisação não afeta a reunião do Comitê de Política Monetária (Copom) que irá definir o futuro da política monetária do país nesta quarta-feira.


Acompanhe o Mercado

Sua Jornada Investidora

Receba nossas notícias

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro? Receba gratuitamente, de segunda a sexta, as principais notícias e análises no seu email.




    Compartilhe do jeito correto. Selecione a rede social desejada e envie esta matéria gratuitamente.