Portuguese
.

Inflação medida pelo IGP-10 cai para 1,18% em março

Índice não considerou a alta do combustível

Inflação medida pelo IGP-10 cai para 1,18% em março (joaogbjunior/íxabay)

O Índice Geral de Preços – 10 (IGP-10) registrou inflação de 1,18% em março, segundo os dados divulgados nesta manhã pela Fundação Getulio Vargas (FGV). A taxa é inferior a do mês passado, quando o avanço foi de 1,98%. Com o resultado, o IGP-10 de 2022 já acumula 5,02%, enquanto nos últimos 12 meses a taxa é de 14,63%.

Em março de 2021, o índice subia 2,99% no mês e acumulava alta de 31,16% em 12 meses. “O reajuste dos combustíveis, subitem com peso destacado nos índices da família IGP, não influenciaram o comportamento desta edição do IGP-10, cujo período de coleta foi encerrado no dia 10/03/2022. As principais fontes de pressão no IPA foram soja (7,32% para 8,75%), cuja cotação segue em elevação e, ovos (-0,12% para 20,62%), refletindo os efeitos sazonais próprios dessa época do ano ”, afirmou André Braz, coordenador dos Índices de Preços.

A queda do IGP-10 foi puxada pelo Índice de Preços ao Produtor Amplo (IPA) e pelo Índice Nacional de Custo da Construção (INCC). O IPA, que mede os preços do atacada, teve variação de 1,44% em março, ante 2,51% em fevereiro. Já a inflação do INCC saiu de 0,61% no mês passado para 0,34% em março. Por outro lado, o Índice de Preço ao Consumidor (IPC) teve alta de um mês para outro, saindo de 0,39% em fevereiro para 0,47% em março.


Acompanhe o Mercado

Sua Jornada Investidora

Receba nossas notícias

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro? Receba gratuitamente, de segunda a sexta, as principais notícias e análises no seu email.




    Compartilhe do jeito correto. Selecione a rede social desejada e envie esta matéria gratuitamente.