Portuguese
.

Isenção de imposto da gasolina pode custar R$ 27 bilhões ao governo

Decisão não é unânime no governo

Isenção de imposto da gasolina pode custar R$ 27 bilhões ao governo (RossHelen/Envato)

O presidente Jair Bolsonaro afirmou no último sábado (11) que o governo estudava zerar as o PIS/Cofins sobre a gasolina, no entanto, a decisão não é unânime no governo. A equipe do ministro da Economia, Paulo Guedes, defende que a medida só seja tomada caso o barril do petróleo suba ainda mais.

Atualmente, os impostos federais sobre a gasolina custam R$0,69 no litro. Segundo a equipe de economia do governo, retirar os impostos custaria cerca de R$27 bilhões para os cofres públicos. Eles avaliam que a melhor solução para o momento são conceder subsídios para a população mais vulnerável, via o programa Auxílio Brasil e bolsa-caminhoneiro.

Na sexta-feira (11), o presidente sancionou o projeto que zerava o Pis/Cofins sobre o diesel, que tinha um impacto de R$0,33 no litro. Também foi zerado o imposto do biodiesel, gás de cozinha e querosene a um custo de R$ 20 bilhões para o governo.

A guerra na Ucrânia e as sanções aplicadas à Rússia, uma das maiores produtoras de petróleo no mundo, fizeram com que o preço do commodity disparasse e um barril chegou a custar US$130. Esse aumento, fez a Petrobras reajustar o valor do combustível no país. No entanto, o preço do petróleo vem sofrendo quedas e durante a manhã desta terça-feira (15) o barril custava menos de US$100.


Acompanhe o Mercado

Sua Jornada Investidora

Receba nossas notícias

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro? Receba gratuitamente, de segunda a sexta, as principais notícias e análises no seu email.




    Compartilhe do jeito correto. Selecione a rede social desejada e envie esta matéria gratuitamente.