Portuguese
.

Covid-19: Brasil confirma dois casos da Deltacron

Casos foram identificados no Pará e no Amapá

Covid-19: Brasil confirma dois casos da Deltacron (Twenty20)

O Brasil já registrou dois casos de pessoas infectadas pela nova variante do novo coronavírus, a Deltacron. A informação foi confirmada nesta terça-feira (15) pelo ministro da Saúde, Marcelo Queiroga. Os casos foram identificados no Pará e no Amapá.

A nova cepa combina características das variantes Ômicron e Delta e está sendo monitorada pela Organização Mundial da Saúde (OMS) desde o início de março, quando os primeiros casos foram identificados na França.

“É uma variante de importância, que requer o monitoramento. Então as variantes são classificadas como variantes de importância, variantes de preocupação, e as autoridades sanitárias estão aqui para, diante dessas situações, tranquilizar a população brasileira”, afirmou o ministro da Saúde. Sobre os cuidados com a nova cepa, Queiroga disse que basta seguir as mesmas instruções.

“As medidas são as mesmas, e, se eu tivesse, meu amigo e minha amiga que me ouve, que indicar uma medida, é a aplicação da dose de reforço. Aplicar a dose de reforço é importante“, orientou o ministro. Que ainda completou dizendo que “O STF [Supremo Tribunal Federal] delegou a estados e municípios a prerrogativa de, de maneira complementar à União, dispor a respeito do uso de máscaras. Não se trata de obrigar as pessoas a não usar máscaras, mas sim de desobrigar o uso. E isto depende do cenário epidemiológico. É preciso fazer isto de forma inteligente. Por exemplo, mesmo o número de casos estando desacelerando, é recomendável continuarmos usando as máscaras em hospitais. Pessoas imunocomprometidas e indivíduos que passaram por um transplante também“.


Acompanhe o Mercado

Sua Jornada Investidora

Receba nossas notícias

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro? Receba gratuitamente, de segunda a sexta, as principais notícias e análises no seu email.




    Compartilhe do jeito correto. Selecione a rede social desejada e envie esta matéria gratuitamente.