Portuguese
.

Inflação medida pelo IGP-DI fica em 0,69% em maio, diz FGV

Índice acumula inflação de 7,17% no ano; INCC teve a maior alta entre abril e maio

Inflação medida pelo IGP-DI fica em 0,69% em maio, diz FGV (João Geraldo Borges Júnior/Pixabay)

O Índice Geral de Preços – Disponibilidade Interna (IGP-DI) teve inflação de 0,69% em maio deste ano, segundo os dados divulgados nesta quarta-feira (8) pela Fundação Getulio Vargas (FGV). A taxa é superior à registrada no mês anterior (0,41%).

Com esse resultado, o índice agora acumula alta de 7,17% no ano e 10,56% em 12 meses. No mesmo mês do ano passado, o índice havia subido 3,40% e acumulava elevação de 36,53% em 12 meses.

Grandes commodities agrícolas e combustíveis responderam por parcela importante do resultado do IPA, sendo os destaques: diesel (de 6,87% para 6,38%), soja (de -8,02% para 2,76%) e cana-de-açúcar (de 0,66% para 3,65%). Já no índice de preços ao consumidor, as pressões inflacionárias estão divididas entre serviços livres, preços monitorados e alimentos in natura, cujos principais destaques foram: passagem aérea (de 14,38% para 16,33%), taxa de água e esgoto residencial (de 0,00% para 2,75%) e cebola (de 2,46% para 24,96%)“, afirma André Braz, Coordenador dos Índices de Preços.

O Índice de Preços ao Produtor Amplo (IPA), que analisa o atacado, subiu de 0,19% em abril para 0,55% em maio, enquanto o Índice Nacional de Custo da Construção (INCC) passou de 0,95% para 2,28%. Por outro lado, o Índice de Preços ao Consumidor (IPC), que mede o varejo, teve queda na taxa de inflação, ao passar de 1,08% em abril para 0,50% em maio.

com informações da Agência Brasil e Fundação Getulio Vargas


Acompanhe o Mercado

Sua Jornada Investidora

Receba nossas notícias

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro? Receba gratuitamente, de segunda a sexta, as principais notícias e análises no seu email.




    Compartilhe do jeito correto. Selecione a rede social desejada e envie esta matéria gratuitamente.