Portuguese
.

Inflação medida pelo IGP-10 avança 2,48% em abril

Índice acumula alta de 7,63% no ano e de 15,65% em 12 meses

Inflação medida pelo IGP-10 avança 2,48% em abril (Marcello Casal Jr/Agência Brasil)

O Índice Geral de Preços – 10 (IGP-10), medido pela Fundação Getulio Vargas (FGV), registrou inflação de 2,48% em abril deste ano, taxa superior ao 1,18% do mês anterior. Com o resultado, o IGP-10 acumula taxas de inflação de 7,63% no ano e de 15,65% em 12 meses. No mesmo período do ano passado, o índice subia 1,58% no mês e acumulava elevação de 31,74% em 12 meses.

Os três índices que foram o IGP-10 registraram alta. O Índice de Preços ao Produtor Amplo (IPA) registrou a maior variação, subindo 2,81% em abril. No mês anterior, o índice havia registrado taxa de 1,44%. Na análise por estágios de processamento, os preços dos Bens Finais variaram de 1,69% em março para 4,07% em abril. A principal contribuição para este resultado partiu do subgrupo combustíveis para o consumo, cuja taxa passou de -0,71% para 15,92%. O índice relativo a Bens Finais, que exclui os subgrupos alimentos in natura e combustíveis para o consumo, subiu 2,34% em abril. No mês anterior, a taxa foi de 0,90%.

A contribuição dos combustíveis foi destacada para o avanço da taxa do IPA, que passou de 1,44% em março para 2,81% em abril. No entanto, as pressões inflacionárias andam muito disseminadas e, mesmo excluindo a contribuição da gasolina (0,15% para 18,73%) e do diesel (0,24% para 24,90%) no IPA, a variação média do índice ao produtor ficaria em 1,81%, superando a variação apurada pelo IPA em março“, afirma André Braz, coordenador dos Índices de Preços.

O Índice de Preços ao Consumidor (IPC) variou 1,67% em abril. Em março, o índice havia apresentado taxa de 0,47%. Das oito classes de despesa componentes do índice, apenas o grupo Comunicação não registrou avanço, tendo variação de -0,05%, antes -0,04%. O Índice Nacional de Custo da Construção (INCC) subiu 1,17% em abril, ante taxa foi de 0,34% no mês anterior. Os três grupos componentes do INCC registraram avanço variações na passagem de março para abril: Materiais e Equipamentos (0,27% para 1,08%), Serviços (1,08% para 0,69%) e Mão de Obra (0,27% para 1,34%).


Acompanhe o Mercado

Sua Jornada Investidora

Receba nossas notícias

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro? Receba gratuitamente, de segunda a sexta, as principais notícias e análises no seu email.




    Compartilhe do jeito correto. Selecione a rede social desejada e envie esta matéria gratuitamente.