Portuguese
.

Mesmo em guerra, Rússia se tornou o quinto país que mais vende para o Brasil

Em relação ao mesmo período do ano passado, as compras brasileira da Rússia cresceram 89%

Mesmo em guerra, Rússia se tornou o quinto país que mais vende para o Brasil (digitalshape/Twenty20)

Enquanto as grandes potências ocidentais, como Europa e Estados Unidos, estão reduzindo suas compras dos produtos russos por conta da invasão na Ucrânia, o Brasil parece estar andando na contramão. Segundo dados divulgados inicialmente pelo Valor, a importação brasileira dos produtos russos acelerou no período de janeiro a abril deste ano e eles se tornaram o quinto país que mais vende para nós. No mesmo período do ano passado eles ocupavam a 12ª posição.

Enquanto as vendas russas para os brasileiros cresceram 89% em quatro meses em relação ao mesmo período de 2021, a média de importação dos demais países subiu apenas 27,8%. A China segue ocupando o primeiro lugar no ranking de países que mais fornecem para nós, com um total de US$ 18,7 bilhões em vendas. Na sequência vem os Estados Unidos (US$ 15,8 bilhões), Alemanha e Argentina (US$ 3,6 bilhões cada). Em quinto, a Rússia vendeu US$ 2,4 bilhões para o Brasil entre janeiro e abril.

Os adubos e fertilizantes são responsáveis por 70% das importação russas para o Brasil, enquanto 15% é compra de carvão e 7,1% de óleos combustíveis e petróleo. A alta do valor também se explica com a disparada do preço dos fertilizantes que só em abril saltaram 130% em relação ao mesmo mês de 2021. Além disso, com o início da guerra no leste europeu, diversos produtores agrícolas anteciparam a aquisição dos insumos com receio do desabastecimento.


Acompanhe o Mercado

Sua Jornada Investidora

Receba nossas notícias

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro? Receba gratuitamente, de segunda a sexta, as principais notícias e análises no seu email.




    Compartilhe do jeito correto. Selecione a rede social desejada e envie esta matéria gratuitamente.