Portuguese
.

Inflação no Reino Unido atinge 9,1%, maior em 40 anos

Índice anual subiu de 9% para 9,1%, a maior do G7 atualmente

Inflação no Reino Unido atinge 9,1%, maior em 40 anos (hannahwinge/Twenty20)

O índice de preços ao consumidor (CPI, na sigla em inglês) do Reino Unido, que mede a inflação oficial, acelerou em maio e atingiu 9,1% na comparação com o mesmo mês do ano passado, segundo dados divulgados nesta quarta-feira (22) pelo Escritório Nacional de Estatísticas (ONS). Essa é a inflação mais alta para a região desde março de 1982 e foi puxada pela alta dos alimentos. Além disso, é a maior inflação dentro do Grupo dos Sete – formado por Alemanha, Canadá, Estados Unidos, França, Itália, Japão e Reino Unido.

No entanto, o número veio abaixo do esperado por especialistas – que projetavam a taxa em 9,2%. O núcleo do CPI, que exclui itens voláteis como alimentos e energia, aumentou 0,7% em maio na comparação com o mês anterior e 5,9% na comparação anual. As projeções do mercado eram de alta de 0,7% e 6,2%, respectivamente.

Na semana passada, o Banco Central da Inglaterra (BoE) disse que a inflação provavelmente permanecerá acima de 9% nos próximos meses até atingir um pico levemente acima de 11% em outubro, quando as contas de energia deverão subir novamente. Na última quinta-feira (16) o BoE elevou a taxa básica de juros para 1,25%, foi a quinta alta consecutiva e veio de acordo com o esperado pelo mercado – que projeta a taxa acima dos 3% até o final do ano.


Acompanhe o Mercado

Sua Jornada Investidora

Receba nossas notícias

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro? Receba gratuitamente, de segunda a sexta, as principais notícias e análises no seu email.




    Compartilhe do jeito correto. Selecione a rede social desejada e envie esta matéria gratuitamente.