Portuguese
.

Estônia intensifica esforços para atrair startups brasileiras

Governo do país promoveu encontro com empresários e profissionais brasileiros

Estônia intensifica esforços para atrair startups brasileiras (SeanPavone/Envato)

A Estônia, um dos países referência em cultura digital no mundo, está intensificando os esforços para atrair talentos e startups brasileiras. Na última semana, representantes do governo estoniano e da Startup Estônia estiveram com empreendedores e profissionais do Brasil em um encontro que teve como público-alvo as startups e talentos brasileiros. Em 2021, o país europeu recebeu mais de 12.000 e-residentes estrangeiros que tinham atuação digital no país.

Ser reconhecido entre os principais ecossistemas de startups do mundo certamente acelerará nossa transição para a economia do futuro através do estabelecimento na Estônia de muitas mais empresas inovadoras e com grande foco em pesquisa. Hoje, só a receita dos impostos trabalhistas traz 100 milhões de euros para o orçamento do Estado, e este valor certamente aumentará no futuro”, explica Andres Sutt, ministro de Empreendedorismo e Tecnologia da Informação da Estônia.

Segundo o último balanço de 2021, fornecido pelo governo da Estônia, atualmente quase 900 brasileiros fazem parte do e-Residency, primeiro programa do mundo que permite abrir e gerenciar uma empresa em um ambiente 100% virtual. Isso coloca o país como o 26º que mais aplica para o programa, em um ranking de mais de 176 nacionalidades. Além disso, os e-residents brasileiros já fundaram mais de 200 empresas no país europeu.


Acompanhe o Mercado

Sua Jornada Investidora

Receba nossas notícias

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro? Receba gratuitamente, de segunda a sexta, as principais notícias e análises no seu email.




    Compartilhe do jeito correto. Selecione a rede social desejada e envie esta matéria gratuitamente.