Portuguese
.

Madrugada é marcada por fortes ondas de ataque à Kiev

Rússia já cercou a capital ucraniana, além de avançar em outros pontos do país

Madrugada é marcada por fortes ondas de ataque à Kiev (Twenty20Photos)

As forças militares russas chegaram à capital da Ucrânia, Kiev, durante a madrugada desta sexta-feira (25). No segundo dia da invasão russa, a capital ucraniana sofreu bombardeios e sirenes soaram pedindo para a população procurar abrigos antiaéreos nas estações de metrô.

Segundo informação das agências de notícias, foram registradas explosões e tiros, além de diversos mísseis durante a madrugada. Apesar dos riscos, o presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelensky afirmou que não irá sair da capital, mesmo sabendo que é o “alvo número 1” dos russos que tentam derrubar seu governo. No momento, os russos cercam cada vez mais Kiev.

O Ministério da Defesa da Ucrânia pediu para que a população que se considera capaz peguem em armas e ajudem a defender o país. “Pedimos aos cidadãos que nos informem sobre a movimentações inimigas, que preparem coquetéis molotov e neutralizem o ocupante“, afirmou em nota.

Segundo o porta-voz do Ministério da Defesa da Rússia, Igor Konashenkov, durante a operação foram destruídos 14 sistemas antimísseis, derrubados cinco aviões militares, cinco drones e um helicóptero ucraniano. Além disso, informaram que foram destruídos 18 tanques e “outros tipos de veículos de combate”, sete lançadores de mísseis, 41 veículos a motor militares e cinco navios militares.

A Ucrânia, por outro lado, informou que 137 soldados ucranianos foram mortos em combate e 316 ficaram feridos no primeiro dia de guerra. Mas também informaram que as forças russas “já perderam cerca de 800 homens”, além de “sete aviões, seis helicópteros, 130 veículos de combate e outros 30 tanques.

A ação militar russa também segue em outros pontos da Ucrânia, segundo informações as forças de Moscou já chegaram a cerca de 130 quilômetros da fronteira com a Polônia.


Acompanhe o Mercado

Sua Jornada Investidora

Receba nossas notícias

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro? Receba gratuitamente, de segunda a sexta, as principais notícias e análises no seu email.




    Compartilhe do jeito correto. Selecione a rede social desejada e envie esta matéria gratuitamente.