Portuguese
.

Usando a internet como aliada: conheça a história de Alexandre Hannud

Empresário e pai de família, Alexandre divide seu tempo entre o trabalho e o campo

Usando a internet como aliada: conheça a história de Alexandre Hannud (Arquivo pessoal)

“Conhecimento é dinheiro”, é essa frase que Alexandre Hannud usou para encerrar a nossa conversa. E para entender o motivo, você precisa conhecer melhor a história de Hannud. Casado, com um filho de quatro anos e outro ainda “no forno”, Alexandre já teve diversos projetos: falhou em alguns – por falta de conhecimento – e teve muito sucesso em outros.

Mas você se engana se acha que quando ele fala sobre conhecimento, ele está falando de formação acadêmica. Inclusive, quando questionado sobre o legado que quer deixar aos seus filhos, a resposta foi: “ser autodidata”.

“Eu acredito que o principal legado que eu posso deixar vai ser justamente pesquisar, ir atrás por conta própria e não simplesmente ficar nessa que o sistema convencional de ensina coloca em nossas cabeças que você precisa de um MBA ou de uma faculdade renomada para desempenhar uma atividade, uma determinada função ou para adquirir tal conhecimento. Foi essa visão autodidata que me permitiu entrar em universos e mercados que eu nunca imaginei estar”, afirma, acrescentando que “o conhecimento nem sempre está onde as pessoas acreditam que ele esteja”.

E o conhecimento, ele reconhece, pode vir da falha, pode vir de um erro. Alexandre conta que passou por uma falência muito severa alguns anos atrás, onde se viu com um “problema gigantesco tanto na PJ (pessoa jurídica) quanto na PF (pessoa física)”. E foi a partir daí que ele precisou se reinventar e adquirir novas habilidades. Ele confessa que não teve um planejamento financeiro, “era uma coisa bem distante para nós e provavelmente foi um dos grandes motivos do nosso fracasso”.

“Faltou educação financeira lá atrás para enxergar algumas coisas que hoje eu enxergo, foram habilidades que eu adquiri para conseguir fazer outros projetos terem sucesso”, admite. Mas a lição que ficou foi de sonhar grande, mas começar pequeno. E essas são algumas das lições que também serão passadas pelos filhos.

Educação financeira

Após ter falhado com um de seus negócios, Alexandre resolveu tirar conhecimento do erro e fazer com que ele não apenas não se repetisse, mas também ajudasse a encontrar a receita para o sucesso. “Um dos maiores erros que cometemos lá atras foi dar all in em algo que a gente ainda não havia testado em uma escala pequena antes de saber se dava certo. Hoje toda vez que temos uma ideia nova principal, nós validamos em escala pequena e provamos a viabilidade – mesmo que a gente acredite por a +b que é viável. Precisa ser comprovado, para depois ganhar escala e depois a gente investir de verdade um dinheiro maior, um dinheiro que você não pode arriscar tanto de perdê-lo”, explica.

Outro aprendizado que ele teve foi o da importância do planejamento para o futuro. Hoje ele não vive mais apenas da renda ativa, “aprendi que também é importante depois de conquistar algo, você não só manter, mas também multiplicar e gerar uma renda passiva, que é o que faço hoje. Tenho minha renda ativa, que é o meu trabalho, e minha renda passiva – que é pegar o que já conquistei e fazer aquele patrimônio trabalhar para mim”.

Internet como aliada

Ao longo da conversa, Alexandre reiterou diversas vezes como o bom uso da internet pode fazer com que uma pessoa tenha sucesso. Inclusive citou a famosa frase de Bill Gates: “se o seu negócio não estiver na internet, sua empresa estará fora dos negócios”.

Mas Hannud acredita que a internet pode ser mais do que apenas uma ferramenta para o trabalho: “a internet democratizou o acesso à informação de todos os tipos. Com a internet do jeito que é hoje, com tanto conteúdo disponível, é possível aprender muito. 90% das minhas formas de adquirir conhecimento hoje vem a partir da internet”, conta.

Ele também vê essa democratização como um avanço para o mercado financeiro. Segundo Alexandre, com o crescente acesso à informação, as pessoas ficam cada vez menos “refém” do gerente do banco e de assessores que não estão 100% alinhados com os objetivos pessoais daquela pessoa e podem acabar oferecendo produtos que não são adequados naquele momento.

Eu acho que cada vez mais, não só o mercado financeiro, mas o planeta como um todo, vai depender de entregar valor de verdade para o cliente e caso isso não aconteça, a pessoa vai ser rapidamente desmascarada e trocada pela concorrência, visto que as informações estão cada vez mais disponíveis”, afirma.

Vida fora do trabalho

Apesar de reconhecer a importância da internet e do trabalho, é fora dele que Alexandre Hannnud se encontra. Nos finais de semana e em seus tempos de folga, ele prefere passar seu tempo no interior, em uma propriedade rural de sua família. Lá, ele aproveita os dias com seus animais de estimação que tanto adora: cavalos e búfalos. “A gente tem búfalos de estimação, que domesticados são animais dóceis como os cavalos. Começou na brincadeira e se tornou algo que realmente funcionou. Mas é tudo um hobby mesmo, que faço nos finais de semana“, conta.

No futuro, ele pretende passar cada vez mais tempo por lá, fora da cidade grande. “O campo traz essa qualidade de vida, diferente do que a gente tem na cidade grande. Eventualmente, para um planejamento futuro de estilo de vida [pretende me mudar para cá]. sem precisar abrir mão das atividades profissionais e comerciais que eu desenvolvo. [Graças à internet] Eu vou poder fazer isso de qualquer lugar do mundo, inclusive na zona rural que é o local que eu mais me identifico“, finaliza.


Acompanhe o Mercado

Sua Jornada Investidora

Receba nossas notícias

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro? Receba gratuitamente, de segunda a sexta, as principais notícias e análises no seu email.




    Compartilhe do jeito correto. Selecione a rede social desejada e envie esta matéria gratuitamente.