Portuguese
.

Brasil tem recorde de 66,8 milhões de consumidor inadimplentes

Número de inadimplentes cresceu em 4,6 milhões de agosto de 2021 até o momento

Brasil tem recorde de 66,8 milhões de consumidor inadimplentes (_Tempus_/Envato)

O número de consumidores inadimplentes cresceu em 4,6 milhões no último, segundo os dados da Serasa Experian. Atualmente, 66,8 milhões de pessoas não conseguem honrar o pagamento de suas contas e dívidas, enquanto em agosto de 2021, último mês antes da inflação do país atingir dois dígitos, o número era de 62,2 milhões.

Segundo especialistas, a explicação para o crescimento da inadimplência se dá pela alta inflacionária e pela alta da taxa básica de juros. Apesar de ser observado um grande atraso nas dívidas com empresas financeiras, há também inadimplência nos serviços básicos, com conta de água, luz, gás e também no varejo.

Dados da Serasa Experian mostram que o valor total devido pelos inadimplentes cresceu 15,04% desde que a inflação começou a acelerar no país, saindoi de R$ 244,6 bilhões em agosto de 2021 para R$ 281,4 bilhões em junho de 2022.

Atualmente, a população adulta inadimplente é de 41,4%, ante 38,9% em agosto de 2021. Dos 66,8 milhões que não conseguem pagar o que devem, 33,5 milhões são mulheres e 33,3 milhões são homens. A maioria (35,6%) tem entre 26 e 40 anos de idade, seguido pela faixa etária de 41 a 60 anos (34,2%). Idosos somam 11,5 milhões (17,2%). O valor média da dívida é de R$ 4.211,8 por inadimplente, ante R$ 3.928,8 que devia em agosto de 2021.


Acompanhe o Mercado

Sua Jornada Investidora

Receba nossas notícias

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro? Receba gratuitamente, de segunda a sexta, as principais notícias e análises no seu email.




    Compartilhe do jeito correto. Selecione a rede social desejada e envie esta matéria gratuitamente.