Portuguese
.

Inflação nos países da OCDE atinge maior patamar desde 1988

Inflação anual atingiu 10,3% em junho; Turquia lidera com 78,6%

Inflação nos países da OCDE atinge maior patamar desde 1988 (Divulgação/OCDE)

A inflação anual nos países membros da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE) subiu para 10,3% em junho. No mês passado, o índice era de 9,7%. Com o resultado, a inflação na OCDE atinge o maior patamar desde junho de 1988.

A organização afirma que pelo menos um terço dos países membros atingiram a inflação em dois dígitos, tendo a Turquia como pior caso: a inflação anual está em 78,6%. O Japão registra o menor patamar: com inflação de 2,4%.

Essa alta histórica é puxada pelo avanço nos preços de alimentação e energia, que estão sendo diretamente afetados pela guerra na Ucrânia. A OCDE calcula que o preço dos alimentos subiu 13,3% na comparação com junho de 2021, enquanto o setor de energia soma uma inflação anual de 40,7%.

Brasil está em meio ao processo de acessão à OCDE

Em janeiro de 2022, o Conselho da OCDE abriu as discussões de acessão com o Brasil, entregando em junho o Roteiro para a Adesão do Brasil à Convenção da OCDE, onde estabelece os termos, condições e processo para a acessão ao grupo. O governo brasileiro está empenhado com as diretrizes básicas da organização. Nos próximos meses, inclusive, eles pretendem discutir a adesão aos instrumentos legais que ainda faltam com o Congresso Nacional, com instituições empresariais, como a Confederação Nacional da Indústria (CNI) e com a sociedade.


Acompanhe o Mercado

Sua Jornada Investidora

Receba nossas notícias

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro? Receba gratuitamente, de segunda a sexta, as principais notícias e análises no seu email.




    Compartilhe do jeito correto. Selecione a rede social desejada e envie esta matéria gratuitamente.