Portuguese
.

Ibovespa engata sexta queda consecutiva

Índice brasileiro acompanhou a movimentação dos mercados internacionais

Ibovespa engata sexta queda consecutiva

O Ibovespa fechou a segunda-feira (25) em queda de 0,35% a 111.684 pontos, com volume financeiro de R$ 26 bilhões – abaixo da média diária de R$ 30 bilhões. Essa é a sexta queda consecutiva do índice brasileiro, que hoje acompanhou a movimentação dos mercados internacionais após temor de novos lockdowns na China causados pela alta nos casos de covid-19 em Pequim. Além disso, as ações de empresas ligadas ao setor de commodities também pressionaram o índice.

As ações da BRF (BRFS3) e CSN (CSNA3) foram os destaques negativos do pregão, recuando -3,65% e -2,64%, respectivamente, seguidas das ações do Grupo Soma (SOMA3), que caíram -2,27%. A Natura (NTCO3) registrou queda de -2,09%, enquanto a Gerdau (GGBR4) caiu -2,02%. A Vale (VALE3) acompanhou a queda do minério de ferro e fechou o dia com perda de -1,70%. Já a Petrobras (PETR3; PETR4) caiu -0,69% e -1,47%, respectivamente.

Já do lado positivo, a Cogna (COGN3) liderou os ganhos do dia, avançando 3,57%. Na sequência, a Cemig (CMIG4) subiu 2,87%, enquanto a Petz (PETZ3) teve alta de 2,85%. Já a Yduqs (YDUQ3) avançou 2,52% e a Ambev (ABEV3) subiu 2,51%.

Nos Estados Unidos, os principais índices de Wall Street, que operavam no negativo em meio às preocupações de um novo lockdown na China, se recuperaram com a confirmação da compra do Twitter pelo CEO da Tesla, Elon Musk. O S&P 500 avançou 0,58%, enquanto o Nasqad subiu 1,29%. Já o Dow Jones valorizou 0,71%. O dólar também fechou em alta de 1,47% a R$ 4,87.


Acompanhe o Mercado

Sua Jornada Investidora

Receba nossas notícias

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro? Receba gratuitamente, de segunda a sexta, as principais notícias e análises no seu email.




    Compartilhe do jeito correto. Selecione a rede social desejada e envie esta matéria gratuitamente.