Portuguese
.

Dubai se torna cada vez mais atrativa para empreendedores brasileiros

Incentivos fiscais e governamentais tornam o emirado um destino extremamente atraente

Dubai se torna cada vez mais atrativa para empreendedores brasileiros (Elena Ermakova/Twenty20)

A parceria entre Brasil e Emirados Árabes Unidos vem crescendo cada vez mais. Só em 2021, o fluxo de comércio entre os dois países totalizou US$ 3,3 bilhões – em 2020, o valor acumulado havia sido de US$ 2,8 bilhões. Segundo a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (ApexBrasil), eles são o terceiro maior parceiro comercial do Brasil, ficando atrás apenas de China e Estados Unidos.

No entanto, não é apenas na área de exportação e importação que as relações acontecem – e se fortalecem – entre os dois países. O emirado de Dubai, por exemplo, é um ótimo polo para o empreendedorismo e vem atraindo cada vez mais os brasileiros que desejam internacionalizar os seus negócios. Com uma série de incentivos fiscais e governamentais, Dubai se tornou um destino extremamente atraente.

Isso acontece porque a legislação local é pautada no Common Law, que é um sistema jurídico global baseado em jurisprudência, que entende que as partes são livres para estabelecer regras de conduta e solução de conflitos, o que acaba tornando o processo de fazer negócios muito mais ágil do que em outros países em que há uma grande burocracia e complexidade.

Como um dos centros de negócios mais importantes do mundo, o Dubai é o local perfeito para transformar os seus sonhos de negócios em realidade. Lar de algumas das incubadoras de negócios mais ambiciosas do mundo, o Dubai oferece a startups e empreendedores acesso a um grupo diversificado de mentores altamente experientes com conhecimento global multissetorial“, afirma o Analista de Expansão Global de Negócios da Invest4U, Rafael Fernandes.

A região, além de ser extremamente rica, é muito aberta a fazer negócios e fica localizada em um ponto que permite acesso a operações comerciais, financeiras e logísticas muito privilegiadas. Além disso, Dubai participa de importantes acordos comerciais como o Gulf Cooperation Council, que inclui os países da região do Golfo Pérsico, o que torna o Emirados Árabes um bom ambiente para trocas comerciais com outras regiões.

Expandir os negócios para os Emirados Árabes é uma boa estratégia de internacionalização para as empresas. No entanto, isso exige a necessidade de uma operação internacional a partir dali. “Encontrar os melhores parceiros e um bom suporte no país é essencial“, ressalta a CEO da Invest4U, Jenni Almeida, que esteve em Dubai duas vezes nos últimos sete meses para conhecer melhor o processo e auxiliar os clientes da empresa nessa expansão.


Acompanhe o Mercado

Sua Jornada Investidora

Receba nossas notícias

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro? Receba gratuitamente, de segunda a sexta, as principais notícias e análises no seu email.




    Compartilhe do jeito correto. Selecione a rede social desejada e envie esta matéria gratuitamente.