Portuguese
.

UEFA muda regras de sustentabilidade financeira e limita gastos dos clubes

Times só poderão gastar 70% de suas receitas com elenco

UEFA muda regras de sustentabilidade financeira e limita gastos dos clubes (Divulgação/UEFA)

A UEFA aprovou nesta quinta-feira (7) as novas regras de sustentabilidade financeira para os clubes europeus. O documento substitui o sistema anterior de Fair Play Financeiro e é a primeira grande reforma do regulamento financeiro da UEFA, que foi implementando em 2010.

A maior alteração do novo regulamento é o limite de gastos com o elenco – os clubes só poderão gastar 70% de suas receitas com salários de jogadores, transferências e taxas de agente. Atualmente os clubes podem gastar até 90%. As regras entram em vigor em junho de 2022, mas terão um período de transição de três anos.

Os primeiros regulamentos financeiros da UEFA, introduzidos em 2010, serviram ao seu propósito principal. Ajudaram a recuperar as finanças do futebol europeu e revolucionaram a forma como os clubes de futebol europeus são geridos. No entanto, a evolução da indústria do futebol, aliada aos inevitáveis efeitos financeiros da pandemia, mostrou a necessidade de uma reforma geral e novos regulamentos de sustentabilidade financeira“, afirmou o presidente da entidade, Aleksander Čeferin.

A UEFA trabalhou em conjunto com as todas as partes envolvidas no futebol europeu de modo a desenvolver estas novas medidas para ajudar os clubes a enfrentarem estes novos desafios. Estes regulamentos irão ajudar a proteger a modalidade e prepará-la para qualquer possível choque no futuro, incentivando investimentos racionais e construindo um futuro mais sustentável para o futebol“, completou Čeferin.


Acompanhe o Mercado

Sua Jornada Investidora

Receba nossas notícias

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro? Receba gratuitamente, de segunda a sexta, as principais notícias e análises no seu email.




    Compartilhe do jeito correto. Selecione a rede social desejada e envie esta matéria gratuitamente.