Portuguese
.

UE anuncia novas sanções à Rússia; confira as últimas notícias do conflito

União Europeia anunciou sanções contra o carvão russo

UE anuncia novas sanções à Rússia; confira as últimas notícias do conflito (Pressmaters/Envato)

União Europeia anuncia 5º pacote de medidas contra a Rússia
A União Europeia definiu nesta terça-feira (5) quais são as novas sanções que irão aplicar contra a Rússia, após a descoberta de corpos de civis na cidade de Bacha. O bloco ainda trabalha em novas medidas, mas as já definidas são: embargo à importação de carvão russo, no valor de 4 bilhões de euros/ano; Veto a transações com quatro bancos russos (23% de participação no setor bancário russo);bnloqueio do acesso de embarcações russas a portos do bloco europeu; veto a transportadores rodoviários da Rússia e Bielorrússia; proibição de exportações de produtos como computadores quânticos e semicondutores, além de máquinas sensíveis e equipamentos de transportes; e veto de 5,5 bilhões de euros em importações da Rússia.

Zelensky afirma que única opção é negociar com a Rússia
O presidente ucraniano falou com a imprensa nesta terça-feira e afirmou que não tem outra opção a não ser negociar com a Rússia o fim do combate, mas reconheceu que é um grande desafio. “Todos nós, inclusive eu, perceberemos até mesmo a possibilidade de negociações como um desafio”, afirmou. Ele ainda disse que um encontro ele e o presidente russo, Vladimir Putin, é improvável que aconteça.

Rússia dá ultimato novo ultimato sobre Mariupol
A agência de notícias russa Interfax informou que o Minstério da Defesa da Rússia deu um novo ultimato para as tropas ucranianas entregarem a cidade de Mariupol. Eles teriam dito que os soldados que se entregassem até hoje seriam liberados para deixar o território. Mariupol está sitiada há quase um mês e as informações são de que os ucranianos não tem interesse em se render.

Alemanha e Itália expulsam diplomatas russos
A Alemanha decidiu expulsar 40 diplomatas russos que estavam na capital alemã. A chefe da diplomacia do país destacou que os funcionários da embaixada da Rússia são uma “ameaça para quem busca proteção entre nós“. Há suspeitas de que os diplomatas russos trabalham para os serviços de inteligência de seu país. Já na Itália, o governo expulsou 30 diplomatas também alegando risco de segurança. “A medida é um acordo com outros parceiros europeus e atlânticos, e é necessária por razões ligadas à nossa segurança nacional e no contexto da crise atual causada pela agressão injustificada contra a Ucrânia por parte da Federação Russa“, declarou o chanceler italiano. A Rússia prometeu retaliações.

Ucrânia diz que Rússia atacou silos de trigo
A Ucrânia afirmou que as tropas russas destruíram seis silos de grãos na madrugada desta terça-feira (5). Com isso, o trigo já saltou 4%. A Ucrânia é o oitavo maior produtor de trigo do mundo.


Acompanhe o Mercado

Sua Jornada Investidora

Receba nossas notícias

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro? Receba gratuitamente, de segunda a sexta, as principais notícias e análises no seu email.




    Compartilhe do jeito correto. Selecione a rede social desejada e envie esta matéria gratuitamente.