Portuguese
.

Rússia corta abastecimento de gás natural para Polônia e Bulgária

País ainda ameaçou ampliar os cortes para outras nações europeias

Rússia corta abastecimento de gás natural para Polônia e Bulgária (asheesh/Twenty20)

A estatal russa Gazprom confirmou na última terça-feira (26) que estaria cortando o fornecimento de gás natural para a Polônia e Bulgária a partir de hoje, após os países se recusarem a pagar pelo gás em rublos, exigência da Rússia após as diversas sanções ocidentais. No entanto, a medida pode ser ampliada para mais países.

Segundo o porta-voz do Kremlin, Dmitry Peskov, “a Rússia foi e continua sendo um fornecedor confiável de recursos energéticos para seus consumidores e continua comprometida com suas obrigações contratuais. Quando os prazos de pagamento se aproximarem, se alguns consumidores se recusarem a pagar sob o novo sistema, então o decreto do presidente será aplicado.

A Polônia, que tem sido uma grande aliada da Ucrânia na guerra, sendo o país que mais recebeu refugiados até o momento, desvalorizou a medida e afirmou que conseguirá lidar com a ausência do gás russo, afirmando que já planejavam não renovar o contrato com a Gazprom, que expira no fim do ano.

“A Polônia tomou algumas decisões há vários anos a fim de estar preparada para uma situação como essa”, disse o vice-ministro dos Negócios Estrangeiros, Marcin Przdacz. “Agora, há opções para importar gás de outros parceiros, incluindo os Estados Unidos e nações do Golfo”. Ele ainda enfatizou que a decisão da Rússia apenas prova que o país “não é um parceiro confiável em nenhuma área de negócio” e encorajou as demais nações europeias a interromperem suas importações de energia.

A Bulgária, por sua vez, afirmou que a decisão da Gazprom foi uma “grave violação do contrato atual e o equivalente a chantagem”. Até então, 90% do abastecimento de gás do país era proveniente da estatal russa. Mas segundo o primeiro-ministro búlgaro, Kiril Petkov, eles já estão revendo os contratos pois consideram que “esta chantagem unilateral é inaceitável”.


Acompanhe o Mercado

Sua Jornada Investidora

Receba nossas notícias

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro? Receba gratuitamente, de segunda a sexta, as principais notícias e análises no seu email.




    Compartilhe do jeito correto. Selecione a rede social desejada e envie esta matéria gratuitamente.