Portuguese
.

Principais cias aéreas do Brasil aumentam preço da bagagem despachada

Azul, Gol e Latam reajustaram os preços

Principais cias aéreas do Brasil aumentam preço da bagagem despachada (Chibelyaeva Katya/Twenty20)

As três principais companhias aéreas do Brasil aumentaram o valor do preço da bagagem despachada. Todos os reajustes aconteceram nos últimos 30 dias e variam de R$75 a R$650.

Desde o dia 5 de abril, os voos da Gol em que a passagem não inclui o despacho de malas, passaram a cobrar de R$95 (na primeira bagagem) a R$250 (da terceira a quinta mala) em voos domésticos, e de R$199 a R$650 para voos internacionais. Antes, os preços variavam de R$80 a R$250 e R$100 a R$650, respectivamente.

“A Gol afirma que o reajuste nos valores para o despacho de bagagens se deve ao atual cenário de aumento de custos na aviação comercial, e ainda como forma de adequação aos valores praticados pelo mercado”, destacou a companhia em nota.

Já a Latam e a Azul elevaram os preços apenas para voos nacionais. Desde o dia 14 de março o valor mínimo do despache na Latam saiu de R$65 para R$75, mantendo o valor máximo de R$160. Enquanto a Azul, desde o dia 7 de março, passou a cobrar R$90, ao invés de R$80 para o despache da primeira bagagem, com preço máximo de R$250.

A Latam justificou o aumento explicando que a guerra na Ucrânia está impactando diretamente no preço do petróleo, e consequentemente, do querosene de aviação e dos custos da empresa. “Esse cenário também impacta em aumento de preços das passagens e serviços adicionais da ordem de 25% a 30%”, afirmou a empresa.


Acompanhe o Mercado

Sua Jornada Investidora

Receba nossas notícias

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro? Receba gratuitamente, de segunda a sexta, as principais notícias e análises no seu email.




    Compartilhe do jeito correto. Selecione a rede social desejada e envie esta matéria gratuitamente.