Portuguese
.

Itamaraty faz apelo à Rússia e pede suspensão imediata do conflito

Rússia invadiu a Ucrânia na madrugada desta quinta-feira

Itamaraty faz apelo à Rússia e pede suspensão imediata do conflito Fabrio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

O Ministério das Relações Exteriores do Brasil veio a pública na manhã desta quinta-feira (24) informar que está acompanhando “com grave preocupação” a invasão russa nos territórios ucranianos e fez um apelo pela suspensão imediata dos ataques.

O governo ainda demonstrou preocupação com os cerca de 500 cidadãos brasileiros que estão na Ucrânia. Eles pediram para todos manterem contato direto com a Embaixada e para que se desloquem para Kiev assim que as condições de segurança permitam.

O vice-presidente do Brasil, Hamilton Mourão, disse na chegada ao planalto que “o Brasil não está neutro. O Brasil deixou claro que respeita a soberania da Ucrânia. Então o Brasil não concorda com uma invasão“. Em nota, o Itamaraty ainda falou que busca junto com o Conselho de Segurança da ONU a encontrar uma solução pacífica para o conflito no leste europeu.

Confira a nota na íntegra a nota do Itamaraty;

O Governo brasileiro acompanha com grave preocupação a deflagração de operações militares pela Federação da Rússia contra alvos no território da Ucrânia.

O Brasil apela à suspensão imediata das hostilidades e ao início de negociações conducentes a uma solução diplomática para a questão, com base nos Acordos de Minsk e que leve em conta os legítimos interesses de segurança de todas as partes envolvidas e a proteção da população civil.

Como membro do Conselho de Segurança das Nações Unidas, o Brasil permanece engajado nas discussões multilaterais com vistas a uma solução pacífica, em linha com a tradição diplomática brasileira e na defesa de soluções orientadas pela Carta das Nações Unidas e pelo direito internacional, sobretudo os princípios da não intervenção, da soberania e integridade territorial dos Estados e da solução pacífica das controvérsias.


Acompanhe o Mercado

Sua Jornada Investidora

Receba nossas notícias

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro? Receba gratuitamente, de segunda a sexta, as principais notícias e análises no seu email.




    Compartilhe do jeito correto. Selecione a rede social desejada e envie esta matéria gratuitamente.