Portuguese
.

Brasil adere a acordo que elimina tarifas de importação na aviação civil

Brasil irá aderir ao Acordo Sobre o Comércio de Aeronaves Civis na OMC

Brasil adere a acordo que elimina tarifas de importação na aviação civil (pilotonemx/Twenty20)

O secretário de Comércio Exterior do Ministério da Economia, Lucas Ferraz, confirmou nesta quinta-feira (24) que o Brasil irá aderir ao Acordo Sobre o Comércio de Aeronaves Civis na Organização Mundial do Comércio (OMC). Com isso, o país deixa de ser o último produtor relevante de aeronaves fora do acordo que eliminas as tarifas de importação no segmento.

O Acordo está em vigor desde 1980 e prevê a eliminação das tarifas de importação cobradas sobre todas as aeronaves civis e todos os produtos no setor, como motores de aviões, suas partes, peças e componentes, simuladores de voo, entre outros.

No Brasil, esse setor movimento cerca de US$ 40 bilhões em importação e exportação. A Embraer (EMBR3) sempre quis que o Brasil participasse do acordo, visto que 90% do valor de um avião é de conteúdo importado.

“É importante o Brasil participar porque, além de ter acesso aos outros mercados com tarifa zero na exportação, dá segurança jurídica de abertura de seu mercado”, disse Lucas Ferraz.


Acompanhe o Mercado

Sua Jornada Investidora

Receba nossas notícias

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro? Receba gratuitamente, de segunda a sexta, as principais notícias e análises no seu email.




    Compartilhe do jeito correto. Selecione a rede social desejada e envie esta matéria gratuitamente.