Portuguese
.

Ibovespa fecha em queda, mas mantém os 100 mil pontos

Commodities evitaram uma queda maior do índice brasileiro

Ibovespa fecha em queda, mas mantém os 100 mil pontos

O Ibovespa fechou a terça-feira (28) com queda de -0,17% aos 100.591 pontos, com volume financeiro de R$ 24,4 bilhões. O índice brasileiro não conseguir sustentar os ganhos da abertura e virou para a queda, acompanhando Wall Street. Ações de empresas dos commodities evitaram que as perdas fossem maiores por aqui.

No pregão, o destaque ficou com o Pão de Açúcar (PCAR3) que liderou os ganhos, avançando 2,86%. Na sequência, o BB Seguridade (BBSE3) subiu 2,13% e a Vale (VALE3) registrou alta de 1,79%. A Vibra Energia (VBBR3) avançou 1,56%, enquanto a Braskem (BRKM5) valorizou 1,54%. A Petrobras (PETR3; PETR4) subiu 1,46% e 1,25%, respectivamente.

No lado negativo, a Hapvida (HAPV3) recuou -5,78%, seguida pela Via (VIIA3) que caiu -5,45%. A Positivo (POSI3) desvalorizou -5,38%, enquanto a CVC (CVCB3) registrou queda de -5,06%. A Ecorodovias (ECOR3) caiu -4,80%.

Nos Estados Unidos, Wall Street fechou novamente no negativo após as declarações de dirigentes do Fed, que reforçaram a perspectiva de juros mais altos nos EUA, alimentando o receio de uma recessão. O S&P 500 caiu -2,01%, seguido pelo Nasqad que recuou -2,98%. O Dow Jones desvalorizou -1,56%. Por outro lado, o dólar voltou a valorizar e fechou o dia com alta de 0,60% a R$ 5,26.


Acompanhe o Mercado

Sua Jornada Investidora

Receba nossas notícias

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro? Receba gratuitamente, de segunda a sexta, as principais notícias e análises no seu email.




    Compartilhe do jeito correto. Selecione a rede social desejada e envie esta matéria gratuitamente.