Portuguese
.

Ibovespa fecha em queda de 1,09%, com clima negativo no exterior

Em aguardado discurso, o presidente do BC americano escolheu o lado onde mais juros, e não menos, parecem estar por vir nos EUA.

Ibovespa fecha em queda de 1,09%, com clima negativo no exterior

O Ibovespa fechou o dia com desvalorização de 1,09% aos 112.298 pontos. Investidores reagiram a falas de Powell no simpósio que mencionou uma possível continuidade de aumento dos juros. Na semana, sobe 0,72%. No mês, avança 8,85%.

No pregão, a Alpargatas (ALPA4) avançou 7,18%, seguido pelo Pão de Açucar (PCAR3) que subiu 3,02% e pela Cielo (CIEL3) valorizou 2,25%. Já a Petrobras (PETR3; PETR4) valorizou 1,00% e 1,08%, respectivamente. A SLC Agrícola (SLCE3) teve alta de 0,96%, enquanto o Banco do Brasil Seguridade (BBSE3) ganhou 0,89%.

No lado negativo, a Natura (NTCO3) liderou as quedas recuando 6,73%. Na sequência, a Usiminas (USIM5) teve baixa de 6,67% e a CSN (CSNA3) perdeu 5,95%. A Totvs (TOTS3) recuou 4,66% e a Azul (AZUL4) caiu 4,55%. A Vale (VALE3) recuou 1,50%.

Nos Estados Unidos, as bolsas fecharam em queda, com investidores reagindo ao simpósio de Jackson Hole e repercutindo as falas de Jerome Powell, presidente do Federal Reserve. O S&P 500 caiu 3,37%, enquanto o Nasqad teve baixa de 3,94%. O Dow Jones desvalorizou 3,03%. O dólar fechou em queda de 0,69% a R$ 5,07.


Acompanhe o Mercado

Sua Jornada Investidora

Receba nossas notícias

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro? Receba gratuitamente, de segunda a sexta, as principais notícias e análises no seu email.




    Compartilhe do jeito correto. Selecione a rede social desejada e envie esta matéria gratuitamente.