Portuguese
.

Ibovespa volta a fechar em baixa após sequência positiva

Índices norte-americanos também sofreram com queda, enquanto o dólar registrou alta

Ibovespa volta a fechar em baixa após sequência positiva

O Ibovespa rompeu uma sequência de sete pregões positivos nesta quinta-feira (17) ao fechar em queda de 1,43% a 113.582 pontos. A Bolsa brasileira acompanhou o restante do mercado internacional, que voltou a cair com o aumento da tensão entre Rússia e Ucrânia e a possibilidade de guerra.

Os destaques do pregão ficaram por conta da Totvs (TOTS3) que registrou a maior alta do dia, avançando 6,14%. A Energias do Brasil (ENBR3) subiu 3,98%, enquanto a Marfrig (MRFG3) teve alta de 3,85%. Fecharam o top-5 de destaques as empresas do varejo alimentar Carrefour (CRFB3) com avanço de 2,14% e Assaí (ASAI3) com 2,07%.

No lado negativo, as companhias de siderurgia sofreram altas quedas. A Companhia Siderúrgica Nacional (CSNA3) teve a maior baixa do dia, recuando -5,81%. Seguida pelas ações da Gerdau (GGBR4) e Metalúrgica Gerdau (GOAU4) que tiveram queda de -5,10% e -5,04%, respectivamente. Enquanto isso, a Usiminas (USIM5) registrou baixa de -4,13% e a Eztec (EZTC3) de -4,10%.

O Bitcoin (BTC) sofreu uma forte queda de -6,89% a R$ 212.165 nesta quinta. Já o dólar valorizou e registrou alta de 0,76% a R$5,1670. O Euro seguiu o mesmo caminho, avançando 0,51% a R$5,8715.

Nos Estados Unidos, a tensão do leste europeu e a possibilidade de uma invasão russa à Ucrânia voltou a prejudicar os índices. O S&P500 teve queda de -2,12% a 4.380 pontos, enquanto o Nasqad registrou baixa de -2,88% a 13.716 pontos e o Dow Jones recuou 1,78% a 34.312.


Acompanhe o Mercado

Sua Jornada Investidora

Receba nossas notícias

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro? Receba gratuitamente, de segunda a sexta, as principais notícias e análises no seu email.




    Compartilhe do jeito correto. Selecione a rede social desejada e envie esta matéria gratuitamente.