Portuguese
.

Preço da cesta básica sobe em todas as capitais do país em março

Pesquisa ainda apontou que salário mínimo necessário para suprir as despesas de uma família deveria ser 5,28 vezes maior

Preço da cesta básica sobe em todas as capitais do país em março (Nodar Chernishev/Twenty20)

O preço médio da cesta básica subiu nas 17 capitais do país no mês de março, segundo a Pesquisa Nacional da Cesta Básica, realizada mensalmente elo Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese). A maior alta aconteceu no Rio de Janeiro, onde o preço subiu 7,65%, com custo de R$ 750,71.

Curitiba foi a segunda capital com maior alta, registrando aumento de 7,46% a R$701,59, seguida por São Paulo (6,36% a R$761,19) e Campo Grande (5,51% a R$715,81). A menor variação foi registrada em Salvador (1,46% a R$560,39). Entre os itens que contribuíram para o aumento da cesta estão o feijão, o pão francês, a farinha de mandioca e o óleo de soja, que tiveram alta em todas as capitais analisadas na pesquisa do Dieese.

Com base na cesta mais cara do país, registrada em São Paulo, o Dieese calculou que o salário mínimo necessário para suprir as despesas de um trabalhador e de sua família com alimentação, moradia, saúde, educação, vestuário, higiene, transporte, lazer e previdência, seria de R$ 6.394,76, o que equivale a 5,28 vezes o valor do salário mínimo em vigor no país, de R$ 1.212,00.

Confira quanto aumentou a cesta básica em cada região e o valor

CapitalPreço da CestaVariação em março
São PauloR$ 761,19+ 6,36%
Rio de JaneiroR$ 750,71+ 7,65%
Florianópolis R$ 745,47+ 5,36%
Porto AlegreR$ 734,28+ 5,51%
Campo GrandeR$ 715,81+ 5,51%
VitóriaR$ 704,93+ 3,28%
BrasíliaR$ 704,65+ 5,02%
CuritibaR$ 701,59+ 7,46%
Belo HorizonteR$ 669,47+ 4,28%
GoiâniaR$ 663,48+ 3,49%
FortalezaR$ 635,02+ 4,17%
BelémR$ 585,91+ 1,92%
NatalR$ 575,33+ 3,25%
João PessoaR$ 567,84+ 3,37%
RecifeR$ 561,57+ 2,25%
SalvadorR$ 560,39+ 1,46%
AracajuR$ 524,99+ 1,58%
Fonte: Dieese

Vale lembrar que a cesta básica é composta por carne, leite, feijão, arroz, farinha de mandioca, batata, legumes (tomate), pão francês, café em pó, frutas (banana), açúcar, banha/óleo e manteiga, com exceção das cidades do Norte e Nordeste em que a batata não entra na cesta básica.


Acompanhe o Mercado

Sua Jornada Investidora

Receba nossas notícias

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro? Receba gratuitamente, de segunda a sexta, as principais notícias e análises no seu email.




    Compartilhe do jeito correto. Selecione a rede social desejada e envie esta matéria gratuitamente.