Portuguese
.

Mercado reduz pela 7ª semana seguida a projeção da inflação para 2022

Expectativa é de que inflação termine 2022 em 7,02%; Selic permaneceu estável

Mercado reduz pela 7ª semana seguida a projeção da inflação para 2022 (Marcello Casal Jr/Agência Brasil)

O mercado financeiro reduziu, pela sétima semana consecutiva, a previsão de inflação para 2022. De acordo com o Boletim Focus, divulgado nesta segunda-feira (15) pelo Banco Central, o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) deve fechar o ano com alta de 7,02%. Há uma semana, o IPCA estava projetado em 7,11% para 2022; e há quatro semanas, em 7,54%.

Para 2023, a inflação projetada é de 5,38%. Há uma semana, estava em 5,36%; e há quatro semanas, em 5,20%. As previsões para o câmbio e a taxa básica de juros, a Selic, foram mantidas igual na semana passada. Sendo assim, a expectativa é que o dólar feche o ano custando R$ 5,20; e, no caso da Selic, em 13,75% ao ano – ou seja, espera-se que o Copom não faça novos aumentos nos juros.

A estabilidade, tanto do câmbio como da Selic, foi registrada também nas previsões para 2023.

Já com relação ao Produto Interno Bruto (PIB), o mercado financeiro aumentou a previsão de crescimento para 2022 e para o próximo ano. Nesto, a expectativa é de que o PIB cresça 2%, ante as projeções de 1,98% na semana passada. Para 2023, a expectativa do mercado é crescimento do PIB de 0,41%. Há uma semana, a previsão era de 0,40%.

em 08/08 (último Focus)15/08 (hoje)
IPCA (inflação oficial)7,11%7,02%
Selic (taxa de juros)13,75%13,75%
PIB1,98%2%
Dólar (câmbio)R$ 5,20R$ 5,20
Fonte: Boletim Focus

com informações da Agência Brasil


Acompanhe o Mercado

Sua Jornada Investidora

Receba nossas notícias

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro? Receba gratuitamente, de segunda a sexta, as principais notícias e análises no seu email.




    Compartilhe do jeito correto. Selecione a rede social desejada e envie esta matéria gratuitamente.