Portuguese
.

União Europeia pode aprovar ainda hoje a candidatura da Ucrânia ao bloco

No entanto, ainda podem demorar anos para o país entrar oficialmente para o bloco

União Europeia pode aprovar ainda hoje a candidatura da Ucrânia ao bloco (digitalshape/Twenty20)

A União Europeia deve aprovar ainda nesta terça-feira (21) a candidatura oficial da Ucrânia ao bloco, afirmaram ministros e diplomatas à agência de notícias Reuters. Apesar de simbólica, a decisão eleva a moral do país que enfrenta uma guerra contra a Rússia dentro de seu território desde o dia 24 de fevereiro.

O pedido para entrar oficialmente no bloco aconteceu no dia 28 de fevereiro, depois disso diversos passos ainda precisaram ser tomados – um dos documentos chave só foi entregue no dia 18 de abril. Após virar candidata, o processo ainda pode durar anos até que o país se torne de fato um membro da UE.

Foram vários dias de discussões internas e espera-se que os líderes da União Europeia aprovem a recomendação da Comissão Europeia e aceitem a candidatura do país governado por Volodymyr Zelensky. Segundo três diplomatas informaram à Reuters, não há nenhuma oposição entre os 27 Estados membros.

Estamos trabalhando para dizer (ao presidente russo Vladimir) Putin que a Ucrânia pertence à Europa, que também defenderemos os valores que a Ucrânia defende“, afirmou o ministro de Relações Exteriores de Luxemburgo, Jean Asselborn, a repórteres, antes de uma reunião com outros ministros da UE. “É muito bom e é algo que a Dinamarca apoia de todo o coração; queremos ajudar a Ucrânia a alcançar seu sonho europeu” disse o ministro das Relações Exteriores da Dinamarca Jeppe Kofod.

Além da Ucrânia, a Moldávia também deve receber o status de candidata. A Geórgia também entrou com o pedido, porém terá que cumprir algumas condições que superem o impasse político no país


Acompanhe o Mercado

Sua Jornada Investidora

Receba nossas notícias

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro? Receba gratuitamente, de segunda a sexta, as principais notícias e análises no seu email.




    Compartilhe do jeito correto. Selecione a rede social desejada e envie esta matéria gratuitamente.