Portuguese
.

Ibovespa vira e fecha em queda, na contramão do exterior

Índice brasileiro não conseguiu sustentar a alta da abertura e fechou abaixo dos 100 mil pontos novamente

Ibovespa vira e fecha em queda, na contramão do exterior

O Ibovespa fechou o dia em queda de -0,17% aos 99.684 pontos, com volume financeiro de R$ 22,7 bilhões – abaixo da média diária. O índice brasileiro operou na contramão do exterior e não conseguiu voltar para a casa dos 100 mil pontos. A crise sobre a política de preços da Petrobras voltou a pressionar o índice e foi uma das responsáveis pelo resultado negativo.

No lado positivo, a Qualicorp (QUAL3) liderou as altas do dia subindo 6,68%, seguido pela Weg (WEGE3) que teve alta de 4,98% e a IRB Brasil (IRBR3) que avançou 4,04%. A Natura (NTCO3) subiu 3,60%, enquanto a Totvs (TOTS3) valorizou 3,58%. A Vale (VALE3) registrou alta de 0,66%.

Por outro lado, a Cogna (COGN3) recuou -4,76%. Na sequência, o Banco do Brasil (BBAS3) caiu -4,10% e a CPFL Energias (CPFE3) desvalorizou -3,69%. A Yduqs (YDUQ3) teve baixa de -3,45%, enquanto as Lojas Renner (LREN3) caíram -3,18%. A Petrobras (PETR3; PETR4) desvalorizou -1,06% e -1,99%, respectivamente.

Nos Estados Unidos, Wall Street voltou do feriado com fortes altas, se recuperando das perdas da última semana. O S&P 500 avançou 2,45%, enquanto o Nasqad subiu 2,51%. O Dow Jones valorizou 2,15%, Já o dólar desvalorizou 0,63% a R$ 5,15.


Acompanhe o Mercado

Sua Jornada Investidora

Receba nossas notícias

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro? Receba gratuitamente, de segunda a sexta, as principais notícias e análises no seu email.




    Compartilhe do jeito correto. Selecione a rede social desejada e envie esta matéria gratuitamente.