Portuguese
.

Ibovespa abre em alta, recuperando os 100 mil pontos

Índice brasileiro acompanha as altas de Wall Street

Ibovespa abre em alta, recuperando os 100 mil pontos

A agenda desta quinta-feira (23) tem como destaque nacional a entrevista sobre política monetária com o presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto, e o diretor da Política Econômica, Diogo Guillen. Além disso, o Conselho Monetário Nacional (CMN) se reúne para discutir a meta da inflação em 2025. No exterior, a presidente do Banco Central Europeu, Christine Lagarde, participa da cúpula do Conselho Europeu. Nos Estados Unidos, hoje sai a prévia do índice de gerente de compras (PMI).

Brasil

O Ibovespa abriu o dia em alta de 0,63% aos 100.150 pontos. O índice brasileiro segue Wall Street, que operava com leve alta. Os investidores hoje acompanham o cenário político do país, especialmente o plano do governo para compensar a alta dos combustíveis. Além disso, uma proposta de voucher para os caminhoneiros inicialmente proposto em R$ 400, pode variar entre R$ 600 e R$ 1.000 e atrai a atenção nesta quinta.

No setor de commodities, o petróleo operava com leve alta. O Brent avançava 0,59% a US$ 112,40, enquanto o WTI subia 0,57% a US$106,80. O minério de ferro, em Qingdao, operava em forte alta de 6,72% a US$ 116,30.

Internacional

Na Ásia, as bolsas fecharam sem uma direção única enquanto os investidores se dividiam entre otimismo pelas promessas de apoio à economia chinesa e as preocupações do crescente risco de recessão da economia norte-americana. O Xangai Composto, na China continental, teve alta de 1,62%, seguido pelo Hang Seng, em Hong Kong que subiu 1,26%. Em Tóquio, o Nikkei registrou leve alta de 0,08%, enquanto em Kospi, o Seul recuou -1,22%, assim como o Taiex, em Taiwan, que caiu -1,12%.

Na Europa, os principais índices do continente operavam no campo negativo após dados mostrarem que a atividade econômica na zona do euro desacelerou neste mês, ampliando os temores de uma possível recessão. Por volta das 10h20 (horário de Brasília), o Euro Stoxx recuava -0,43%, seguido pelo CAC 40, na França, que registrava queda de -0,18%. Na Alemanha, o DAX desvalorizava -1,09%, enquanto o FTSE, no Reino Unido, caia -0,47%.

Nos Estados Unidos, Wall Street abriu o dia recuperando as perdas de ontem. O S&P 500 subia 0,52%, enquanto o Nasqad avançava 0,78%. O Dow Jones tinha alta de 0,34%. O dólar operava em queda de -0,27% a R$ 5,17.


Acompanhe o Mercado

Sua Jornada Investidora

Receba nossas notícias

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro? Receba gratuitamente, de segunda a sexta, as principais notícias e análises no seu email.




    Compartilhe do jeito correto. Selecione a rede social desejada e envie esta matéria gratuitamente.