Portuguese
.

Embraer corta estimativa de demanda aérea

Empresa espera que a demanda retorna ao nível pré-pandemia até 2024

Embraer corta estimativa de demanda aérea (tylerksav/Twenty20)

A Embraer estimou uma demanda global por novas aeronaves comerciais de até 150 assentos de 10.950 unidades nos próximos 20 anos.

A fabricante de aeronaves espera que a demanda global medida pelo conceito RPK cresça 3,2% por ano nas próximas duas décadas ante expectativa anterior divulgada no ano passado de avanço de 3,3%. A empresa espera que a demanda retome o nível de 2019 até o ano de 2024.

A Boeing também estima uma demanda global de novas aeronaves comerciais deste seguimento. Esta demanda é associada ao crescimento da tecnologia e do transporte aéreo, o que indica o desejo dos principais compradores de aviões em adquirir novas aeronaves.


Acompanhe o Mercado

Sua Jornada Investidora

Receba nossas notícias

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro? Receba gratuitamente, de segunda a sexta, as principais notícias e análises no seu email.




    Compartilhe do jeito correto. Selecione a rede social desejada e envie esta matéria gratuitamente.