Portuguese
.

Rússia e Ucrânia não avançam nas negociações; confira as últimas notícias

Conflito no leste europeu completa 30 dias

Rússia e Ucrânia não avançam nas negociações; confira as últimas notícias (Twitter/Ministério da Defesa da Ucrânia)

Ucrânia e Rússia não conseguiram avançar por acordo de paz
O negociador russo, Vladimir Medinsky admitiu que as conversas entre os países não avançou essa semana, afirmando que os países não conseguem encontrar uma posição comum nas questões principais, apesar de já terem se entendido em questões “secundárias”. Enquanto isso, o ministro de Relações Exteriores da Ucrânia, Dmytro Kuleba, disse que as conversas estão “muito difíceis”.

Rússia diz que concluiu os primeiros objetivos da “primeira fase da operação especial” na Ucrânia
O Ministério da Defesa da Rússia informou em coletiva às agências estatais que os primeiros objetivos da primeira fase da chamada operação especial militar na Ucrânia foram concluídos. Eles ainda disseram que estão considerando duas opções para a “operação especial” – uma dentro das autoproclamadas repúblicas separatistas e outra em todo território ucraniano.

Ucrânia afirma que matou 200 soldados russos ontem
O Ministério da Defesa da Ucrânia informou nesta sexta-feira (25) que no dia em que completou um mês da invasão russa ao seu território, o país executou 200 soldados russos, além de repelir 9 ataques, destruindo 12 tanques, cerca de 20 equipamentos blindados e automotivos, 9 sistemas de artilharia e ter abatido 2 aviões russos e 2 Veículos Aéreos Não-Tripulado (VANT).

Alemanha promete deixar de usar gás russo até 2024
Após o novo acordo com o Estados Unidos que irá garantir pelo menos 15 bilhões de metros cúbicos de gás natural liquefeito á União Europeia ainda este ano, a Alemanha prometeu que irá deixar de depender do gás russo até o verão europeu de 2024. Os alemães ainda pretendem deixar de usar o carvão russo e reduzir pela meta a dependência do petróleo vindo do país governado por Putin ainda este ano.

Rússia reconhece morte de mais de 1300 militares
As forças armadas da Rússia confirmaram a morte de 1351 militares russos desde o início da guerra na Ucrânia e informaram que 3825 ficaram feridos.


Acompanhe o Mercado

Sua Jornada Investidora

Receba nossas notícias

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro? Receba gratuitamente, de segunda a sexta, as principais notícias e análises no seu email.




    Compartilhe do jeito correto. Selecione a rede social desejada e envie esta matéria gratuitamente.