Portuguese
.

IPCA-15: Prévia da inflação oficial fica em 0,59% em maio

IPCA-15 acumula altas de 4,93% no ano e de 12,20% em 12 meses

IPCA-15: Prévia da inflação oficial fica em 0,59% em maio (FabrikaPhoto/Envato)

O Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo 15 (IPCA-15), que mede a prévia da inflação oficial, registrou taxa de 0,59% em maio deste ano. A taxa é inferior ao 1,73% de abril, mas superior ao 0,44% de maio de 2021. Os dados foram divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) nesta terça-feira (24).

De acordo com o Instituto, essa é a maior variação do IPCA-15 para um mês de maio desde 2016, quando a taxa ficou em 0,86%. Com o resultado o IPCA-15 acumula agora taxas de inflação de 4,93% no ano e de 12,20% nos últimos 12 meses, ficando acima dos 12,03% registrados nos 12 meses imediatamente anteriores.

Oito dos nove grupos de produtos e serviços pesquisados tiveram alta em maio, com destaque para transportes, que registrou inflação de 1,80%. Entre os itens que puxaram a alta de preços do segmento estão passagens aéreas (18,40%), combustíveis (2,05%) seguro de veículo (3,48%), táxi (5,94%), metrô (2,17%) e ônibus urbano (0,17%).

O segundo principal impacto para o IPCA-15 veio dos alimentos e bebidas, que apresentaram variação de 1,52% na prévia de maio, com destaque para itens como leite longa vida (7,99%), batata-inglesa (16,78%), cebola (14,87%) e pão francês (3,84%), além das refeições fora do domicílio (1,02%).

Saúde e cuidados pessoais tiveram a maior taxa na prévia do mês (2,19%), devido principalmente à alta de preços dos produtos farmacêuticos (5,24%). Habitação foi o único grupo com queda de preços: -3,85%. O resultado foi puxado pela queda de 14,09% da energia elétrica. Os demais grupos ficaram entre o 0,06% de educação e o 1,86% de vestuário.

Quanto às regiões, todas as áreas pesquisadas tiveram alta em maio. A maior variação ocorreu em Fortaleza (1,29%), seguida por Salvador (1,15%) e Brasília (0,94%). O menor resultado foi verificado em Curitiba (0,12%).

RegiãoMaio2022Últimos 12 meses
Fortaleza1,29%5,55%12,01%
Salvador1,15%5,29%13,24%
Brasília0,94%4,45%11,21%
Rio de Janeiro0,68%5,74%12,13%
Belém0,54%5,21%10,38%
São Paulo0,54%4,70%12,03%
Recife0,52%4,97%12,29%
Porto Alegre0,49%3,32%11,51%
Belo Horizonte0,41%5,14%11,46%
Goiânia0,38%5,27%12,84%
Curitiba0,12%5,44%14,80%
Brasil0,59%4,93%12,20%

com informações da Agência Brasil e IBGE


Acompanhe o Mercado

Sua Jornada Investidora

Receba nossas notícias

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro? Receba gratuitamente, de segunda a sexta, as principais notícias e análises no seu email.




    Compartilhe do jeito correto. Selecione a rede social desejada e envie esta matéria gratuitamente.