Portuguese
.

Ibovespa tomba 1,5% e retorna aos 110 mil pontos

Blue chips da bolsa são impactadas por queda de preços de commodities

Ibovespa tomba 1,5% e retorna aos 110 mil pontos

O Ibovespa fechou o dia com queda de 1,54% aos 110.558 pontos. O Ibovespa abriu em alta, mas virou puxado pelos papéis ligados às commodities, com peso forte no indicador. Os preços do petróleo desabam com a expectativa de redução na demanda com a inflação e os do minério de ferro despencam com lockdown na China, de novo. No Brasil, investidores ainda estão de olho no cenário eleitoral

No pregão, a Localiza (RENT3) avançou 1,37%, seguido pela Petz (PETZ3) que subiu 1,34% e pela Positivo (POSI3) valorizou 1,30%. A Vibra (VBBR3) teve alta de 1,27% e a Hypera (HYPE3)valorizou 0,80%.

No lado negativo, a IRB Resseguros (IRBR3) liderou as quedas recuando 8,06%. Na sequência, a CVC (CVCB3) teve baixa de 8,03% e a Gol (GOLL4) perdeu 6,31%. O Banco Pan (BPAN4) recuou 5,42% e a Dexco (DXCO3) caiu 4,95%. Já a Petrobras (PETR3; PETR4) desvalorizou 5,15% e 5,80%, respectivamente. A Vale (VALE3) recuou 3,15%.

Nos Estados Unidos, as bolsas recuam nesta terça-feira, apagando uma tentativa de recuperação durante a manhã. Com a divulgação de indicadores americanos que deram indícios de que a economia dos Estados Unidos ainda está aquecida, os ativos de risco foram perdendo terreno.O S&P 500 caiu 1,10%, enquanto o Nasqad teve baixa de 1,12%. O Dow Jones desvalorizou 0,96%. O dólar fechou em alta de 1,56% a R$ 5,11.


Acompanhe o Mercado

Sua Jornada Investidora

Receba nossas notícias

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro? Receba gratuitamente, de segunda a sexta, as principais notícias e análises no seu email.




    Compartilhe do jeito correto. Selecione a rede social desejada e envie esta matéria gratuitamente.