Portuguese
.

Ibovespa corrige otimismo da semana passada com incertezas aqui e no exterior

Ibovespa desaba em dia de jogo do Brasil e com evidências mais claras de Haddad na Fazenda

Ibovespa corrige otimismo da semana passada com incertezas aqui e no exterior

Opep manteve neste domingo as metas de produção de petróleo, após irritar a Casa Branca com o corte de 2 milhões de bpd em outubro. A partir de hoje começa a valer o teto de US$ 60 para a Rússia, que ameaça parar o fornecimento aos países que endossaram a medida. Na China, onde são esperados dados da balança e da inflação, Pequim anunciou no final de semana nova flexibilização da política de covid zero. Já em NY, após o payroll forte, os mercados se preparam o Fomc na próxima semana. No Brasil, o IPCA é destaque entre os indicadores (6ªF). A PEC da transição deve ser votada amanhã (3ªF) na CCJ e foi pautada por Pacheco para 4ªF no plenário do Senado. No mesmo dia, o Copom deve manter a Selic e o STF começa a julgar o orçamento secreto.

Brasil

O Ibovespa opera em quedade 1,37%, aos 110.391 pontos. A bolsa brasileira ampliou a queda nesta segunda-feira, 5, com o cenário fiscal doméstico. No radar das notícias, destacam-se as negociações em torno da PEC da Transição e os gastos necessários sinalizados por membros da equipe do governo eleito para viabilizar políticas públicas.

No setor de commodities, o petróleo sobe nesta manhã. O Brent sobe 2,55% a US$ 87,75, enquanto o WTI avança 2,76% a US$ 82,19. O minério de ferro, em Dalian, teve alta de 2,45%.

Internacional

As bolsas asiáticas fecharam em alta nesta segunda-feira (5) com destaque para os índices acionários da China, mais uma vez impulsionados por novos relaxamentos de restrições contra a covid-19 no país ao longo do fim de semana. O Xangai Composto, na China continental, avançou 1,76%, seguido pelo Hang Seng, em Hong Kong, valorizou 4,51%. O Nikkei, no Japão subiu 0,15%. Já o Taiex, em Taiwan, teve ganhos de 0,07%.

Os mercados europeus operam mistos nesta segunda-feira (5), contrariando a tendência positiva nos mercados asiáticos, uma vez que a China relaxou as regras de teste da Covid-19 em algumas cidades e sinalizou que mais flexibilizações podem acontecer. Por volta das 10h20 (horário de Brasília), o Euro Stoxx recuava 0,07%, seguido pelo CAC 40, na França, que registrava queda de 0,32%. Na Alemanha, o DAX caia 0,45%, enquanto o FTSE, no Reino Unido, com ganhos de 0,26%.

Os principais índices de Nova York operam em queda na manhã desta segunda-feira (5), com o mercado ainda repercutindo o relatório de empregos norte-americano, o payroll, que mostrou um mercado de trabalho ainda apertado e causa novos riscos de inflação. O S&P 500 caia 0,58%, enquanto o Nasdaq registrava queda de 0,45%. O Dow Jones recua em 0,54%. Já o dólar opera em alta de 0,50% a R$ 5,24.


Acompanhe o Mercado

Sua Jornada Investidora

Receba nossas notícias

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro? Receba gratuitamente, de segunda a sexta, as principais notícias e análises no seu email.




    Compartilhe do jeito correto. Selecione a rede social desejada e envie esta matéria gratuitamente.