Portuguese
.

Ibovespa avança após PIB forte e anúncio de diminuição no preço da gasolina

Os mercados globais iniciam setembro em forte macha ré. Nesta quinta-feira (1°), o petróleo mantém o movimento de derrocada. O Ibovespa, no entanto, subia na abertura do pregão.

Ibovespa avança após PIB forte e anúncio de diminuição no preço da gasolina

A agenda desta quinta-feira, 1°, tem como destaque a divulgação do resultado do Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro no segundo trimestre. No exterior, as atenções se voltam para a publicação do índice de gerente de compras (PMI, na sigla em inglês) dos Estados Unidos.

Brasil

O Ibovespa abre em alta de 0,32% a 109.876 pontos, por volta das 10h20. O principal índice da bolsa brasileira iniciou o pregão desta quinta-feira (1) em alta, indo na contramão dos mercados internacionais. A divulgação de crescimento de 1,2% do Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro no segundo trimestre desta ano anima os investidores.

No setor de commodities, o petróleo operava em queda durante a manhã. O Brent desvalorizava 1,47% a US$ 94,26, enquanto o WTI recuava 1,42% a US$ 88,28. O minério de ferro, em Dalian, teve queda de 1,17% a US$ 97,90.

Internacional

As bolsas asiáticas fecharam em baixa nesta quinta-feira, após Wall Street acumular perdas pelo quarto pregão consecutivo, em meio a preocupações sobre novos aumentos de juros nos EUA, e também na esteira de dados fracos de atividade manufatureira da China. O Xangai Composto, na China continental, recuou 0,54%, seguido pelo Hang Seng, em Hong Kong, cedeu 1,79%. O Nikkei, em Tóquio, desvalorizou 1,53% e o Taiex, em Taiwan, caiu 1,94%.

As bolsas europeias operam em baixa, mantendo a fraqueza vista ao longo da semana, ainda em meio a preocupações sobre o impacto econômico de juros altos e na esteira de dados fracos de manufatura da região. Por volta das 10h30 (horário de Brasília), o Euro Stoxx recuava 1,40%, seguido pelo CAC 40, na França, que registrava queda de 1,51%. Na Alemanha, o DAX caia 1,20%, enquanto o FTSE, no Reino Unido, recuava 1,56%.

Nos Estados Unidos, as bolsas operam em queda. Setembro já começa com os investidores projetando que as ações vão às mínimas, já que este é historicamente o pior mês para os mercados nos EUA. O S&P 500 caia 0,56%, enquanto o Nasqad registrava queda de 0,90%. O Dow Jones recuava 0,34%. Já o dólar abre em queda de 0,09% a R$ 5,19.


Acompanhe o Mercado

Sua Jornada Investidora

Receba nossas notícias

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro? Receba gratuitamente, de segunda a sexta, as principais notícias e análises no seu email.




    Compartilhe do jeito correto. Selecione a rede social desejada e envie esta matéria gratuitamente.