Portuguese
.

Ibovespa abre em alta em meio a expectativas com inflação

Além do Focus, dados semanais, como a balança comercial, também estão no radar dos investidores

Ibovespa abre em alta em meio a expectativas com inflação

Sinais de moderação dos aumentos de preços nos Estados Unidos, que têm permitido a onda de otimismo em NY, poderão ser confirmados amanhã, com o CPI de agosto. Aqui, três indicadores de atividade em julho dividem as atenções na semana com as prévias de setembro da inflação, após o IPCA de agosto ter lançado especulações no mercado sobre a terceira deflação seguida este mês.

Brasil

O Ibovespa abre em alta de 0,92% a 113.338 pontos, por volta das 10h20. Acompanhando o exterior, a sessão desta segunda-feira (12) promete ser positivo para o mercado brasileiro, após uma alta de 2,17% do Ibovespa à vista na última sexta (9).

A expectativa do mercado para a inflação medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) em 2022 caiu pela décima primeira semana consecutiva, de 6,61% para 6,40%, segundo o Boletim Focus. Já a previsão para a inflação em 2023 diminuiu pela quarta semana seguida, de 5,27% para 5,17%. Para 2024, a projeção subiu novamente, de 3,43% para 3,47%.

No setor de commodities, o petróleo recupera parte das perdas recentes em meio à queda do dólar. O Brent valorizava 0,98% a US$ 93,75, enquanto o WTI avançava 0,82% a US$ 87,50. O minério de ferro, em Dalian, teve queda de 0,66% a US$ 102,30.

Internacional

As bolsas da Ásia e do Pacífico fecharam em alta nesta segunda-feira, após uma semana de rali em Wall Street. Os mercados da China, da Coreia do Sul e de Hong Kong, no entanto, não operaram hoje devido a feriados locais. O Nikkei, em Tóquio, valorizou 1,16% e o Taiex, em Taiwan, subiu 1,54%.

As bolsas europeias estão operando em alta consistente nesta segunda-feira, o que permite aos investidores ampliarem os ganhos de pregões recentes. Por volta das 10h30 (horário de Brasília), o Euro Stoxx avançava 1,02%, seguido pelo CAC 40, na França, que registrava alta de 1,12%. Na Alemanha, o DAX subia 1,47%, enquanto o FTSE, no Reino Unido, avançava 1,33%.

Nos Estados Unidos, as bolsas avançam para o maior patamar em duas semanas. A melhora do humor ocorre mesmo em meio à consolidação das expectativas de um Federal Reserve (Fed) mais hawkish. A inflação apontará o norte aos investidores esta semana. O S&P 500 subia 0,56%, enquanto o Nasqad registrava alta de 0,51%. O Dow Jones avançava 0,40%. Já o dólar abre em queda de 0,43% a R$ 5,12.


Acompanhe o Mercado

Sua Jornada Investidora

Receba nossas notícias

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro? Receba gratuitamente, de segunda a sexta, as principais notícias e análises no seu email.




    Compartilhe do jeito correto. Selecione a rede social desejada e envie esta matéria gratuitamente.