Portuguese
.

Ibovespa abre em alta de 0,37%, próximo dos 111 mil pontos

Investidores aguardam pela fala de Jerome Powell, presidente do Fed, em Jackson Hole na semana; noticiário político nacional é agitado

Ibovespa abre em alta de 0,37%, próximo dos 111 mil pontos

A agenda desta terça-feira, 23, traz a participação do presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto, em evento no Chile. Em São Paulo, o ministro da Economia, Paulo Guedes, palestra no Congresso Aço Brasil. No exterior, destaque às prévias dos índices dos gerentes de compras (PMI, na sigla em inglês) dos Estados Unidos. Ainda é divulgada a confiança do consumidor da zona do euro.

Brasil

O Ibovespa abriu o dia em alta de 0,37% aos 110.906 pontos. O Ibovespa pode interromper hoje a sequência de dois pregões seguidos de queda firme, o que levou o índice de referência da B3 de volta à marca dos 110 mil pontos. O dia parece ser de recuperação dos mercados internacionais, o que alivia a pressão sobre os ativos de risco locais.

No setor de commodities, os preços do petróleo avançam nesta manhã com a possibilidade de uma redução na produção da commodity pela Organização dos Países Produtores de Petróleo e aliados (Opep+) após comentários de autoridades da Arábia Saudita de que as previsões dos mercados futuros de petróleo não estão alinhadas com o mercado real da commodity. O Brent subia 1,37% a US$ 97,80, enquanto o WTI avançava 1,57% a US$ 91,75. Já o minério de ferro, em Dalian, valorizava 2,50% a US$ 102,71.

Internacional

As bolsas asiáticas fecharam em terreno negativo nesta terça-feira, com a onda de calor na China, que levou a um racionamento forçado de energia no país asiático. O Hang Seng, em Hong Kong, teve queda de -0,78%, seguido pelo Xangai Composto, na China continental, que recuou -0,05%. Em Tóquio, o Nikkei caiu -1,19%, enquanto o Taiex, em Taiwan, teve desvalorização de -0,98%.

As principais bolsas europeias são negociadas em queda hoje pressionadas por dados dos índices de gerentes de compras (os PMIs) que mostraram que a região pode estar entrando em recessão. Por volta das 10h (horário de Brasília), o Euro Stoxx recuava -0,31%, seguido pelo CAC 40, na França que recuava -0,30%. Na Alemanha, o DAX seguia com uma desvalorização de -0,12%, enquanto o FTSE, no Reino Unido, caia -0,61%.

Nos Estados Unidos, Os índices abrem em queda, mas sem amplitude. Os investidores respiram um pouco e analisam se vale continuar vendendo ou se já é hora de aproveitar pechinchas, antes do encontro dos executivos do Federal Reserve em Jackson Hole sexta-feira (26). O S&P 500 recuava -0,03% na abertura, enquanto o Nasqad teve leve alta de 0,07%. O Dow Jones recuava -0,10%. Já o dólar operava em queda de -0,53% a R$ 5,13.


Acompanhe o Mercado

Sua Jornada Investidora

Receba nossas notícias

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro? Receba gratuitamente, de segunda a sexta, as principais notícias e análises no seu email.




    Compartilhe do jeito correto. Selecione a rede social desejada e envie esta matéria gratuitamente.