Portuguese
.

F1 confirma que não irá substituir GP da Rússia, que foi cancelado após invasão na Ucrânia

Temporada terá apenas 22 corridas

F1 confirma que não irá substituir GP da Rússia, que foi cancelado após invasão na Ucrânia (Divulgação/F1)

A Fórmula 1 confirmou nesta quarta-feira (18) que não irá substituir o GP da Rússia nesta temporada. Em fevereiro, alguns dias após a Rússia invadir o território ucraniano, a F1 optou por rescindir o contrato com o país governado por Vladimir Putin e cancelar a corrida que estava marcada para o dia 25 de setembro em solo russo. Apesar do interesse de outros países em sediar o GP, a organização decidiu por ter apenas as 22 corridas já programadas.

O próximo compromisso da F1 é o GP da Espanha, no dia 22 de maio, seguido do GP de Mônaco, no dia 29.


Acompanhe o Mercado

Sua Jornada Investidora

Receba nossas notícias

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro? Receba gratuitamente, de segunda a sexta, as principais notícias e análises no seu email.




    Compartilhe do jeito correto. Selecione a rede social desejada e envie esta matéria gratuitamente.