Portuguese
.

Ibovespa não escapa do mau humor generalizado dos mercados e fecha em queda

Principal índice da B3, o Ibovespa, finalizou o pregão em queda de mais de 2% e teve primeira queda após cinco altas seguidas

Ibovespa não escapa do mau humor generalizado dos mercados e fecha em queda

Nesta sexta, o Ibovespa fechou em queda de 2%, voltando aos 111 mil pontos, acumulando a primeira perda semanal em um mês. O mercado foi influenciado pelas dúvidas sobre o rumo da política monetária nos Estados Unidos, corroborando movimentos de realização de lucros no pregão paulista após cinco altas seguidas.

No pregão, a Minerva Foods (BEEF3) liderou os ganhos avançando 2,55%, seguido pela IRB Brasil Resseguros (IRBR3) que subiu 1,85%. A Hypera (HYPE3) teve alta de 1,70%, enquanto a Vibra (VBBR3) avançou 1,69%. A Cogna (COGN3) ganhou 0,39%.

Por outro lado, a Locaweb (LWSA3) caiu -7,72%. Na sequência, a Azul (AZUL4) recuou -7,63%, enquanto a Gol (GOLL4) perdeu -7,30%. A MRV (MRVE3) recuou -7,28%, enquanto a Magalu (MGLU3) desvalorizou -3,81%. A Petrobras (PETR3; PETR4) desvalorizou 4,07% e 5,18%, respectivamente. Já a Vale (VALE3) caiu -1,12%.

Nos Estados Unidos, Wall Street fechou o dia em queda. A incerteza sobre a força da alta que o Federal Reserve vai promover na reunião de setembro, se com mais 50pb ou 75pb tem feito o mercado de ações oscilar e ficar vendedor. O S&P 500 caiu -1,29%, enquanto o Nasqad caiu -2,01%. O Dow Jones desvalorizou -0,86%. Já o dólar recuou 0,08% a R$ 5,16.


Acompanhe o Mercado

Sua Jornada Investidora

Receba nossas notícias

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro? Receba gratuitamente, de segunda a sexta, as principais notícias e análises no seu email.




    Compartilhe do jeito correto. Selecione a rede social desejada e envie esta matéria gratuitamente.